APARÊNCIA DE MULHER

Maria Junior, filha de Maria Só.

De pai nenhum: produção independente.

Pretensamente, de beleza ímpar.

Por onde caminhasse,

ia encantando genros e estrangeiros,

mas passava incólume como um cisne.

A mãe, fascinada, declarou que

a filha estava consagrada a deus;

seria uma intocável.

Construiu uma casa em formato de igreja.

A torre tinha janelas com vitrais coloridos,

que refratavam os raios solares em arcos-íris

e produziam luares multicolores.

Nas noites de lua cheia, Maria Só e Maria Junior

se vestiam inteiramente de branco

e ficavam uma contemplando a outra,

como duas flores que se admiram mutuamente.

Assim, Maria Junior se fez mulher;

mulher só na aparência.

DO LIVRO POESIAS DO MARIO TESSARI QUE EU GOSTO – Maria Elisa Ghisi, 2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.